domingo, 24 de julho de 2011

Ontem depois que você foi embora confesso que fiquei triste como sempre.

Mas, pela primeira vez, triste por você. Fico me perguntando que outra mulher ouviria os maiores absurdos como eu, e, ainda assim, não deixaria de olhar pra você e ver um homem maravilhoso

Tati Bernardi
 
 

Me diz, se existiria outra, que depois de tudo o que eu já passei, ainda assim insistiria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário